Texto: Marcos Anubis
Fotos e revisão: Pri Oliveira

kingargoolas1

A 21ª edição do festival Psycho Carnival, que acontece de 20 a 24 de fevereiro no Jokers e em diversos espaços curitibanos, terá a presença da banda Kingargoolas,  de Guarapuava, pelo quinto ano consecutivo.

O Kingargoolas foi formado em 2006 por Mackey (guitarra e teremim), Arêdes (guitarra), Joerto (baixo) e Cerso (bateria), e a história da banda, desde o início, sempre foi muito ligada ao Psycho Carnival. “Em cada participação, nós nos sentimos mais à vontade, pois os laços entre banda e público se estreitam, criando uma sinergia única”, diz Cerso.

O grupo faz uma Surf Music instrumental muito criativa, que vem chamando a atenção inclusive no cenário internacional. Nos últimos anos, por exemplo, o Kingargoolas já acumula duas turnês fora do Brasil, pela Europa e pelo México, o que faz com o grupo consiga traçar um paralelo entre a realidade underground brasileira e a de outros países. “É parecida, de certa forma. Cada lugar possui uma característica social e geográfica diferente, mas, em uma tour, a rotina de shows é bastante parecida. Os dias passam rápido, existe muito trabalho e tentamos nos divertir nos intervalos”, analisa.

Em uma dessas viagens, o grupo acabou conhecendo a banda mexicana Los Ruido, que também faz parte do lineup desta edição do Psycho Carnival. Além do show em Curitiba, o quarteto do México também vai tocar em Guarapuava em um evento organizado pelo baterista Cerso Costa.

Na visão do Kingargoolas, esse intercâmbio dentro da cena underground é algo fundamental para a evolução das bandas tanto na parte musical quanto cultural. “O Los Ruido tem construído uma grande história no México, e a nossa ida para lá ampliou os laços de amizade. Planejamos uma turnê brasileira como forma de retribuir tudo o que eles fizeram pela Kingargoolas na terra natal deles. Será uma honra apresentar a realidade brasileira a eles e esperamos que desfrutem tanto quanto nós quando estivemos por lá”, afirma.
kingargoolas2

O fortalecimento da Surf Music

De maneira muito clara, o cenário da Surf Music no Brasil cresceu muito na última década. Essa evolução se reflete inclusive no Psycho Carnival com a presença cada vez maior de artistas do estilo na grade de programação. “Existem muitas bandas lançando material e divulgando a proposta de cada uma delas Brasil afora, e isso serve para reforçar a ideia de Surf Music”, opina.

O próprio Kingargoolas é um prova disso, afinal, eles chamaram a atenção até do selo norte-americano Otitis Media Recordings, que entrou em contato com a banda e fará o relançamento dos dois primeiros álbuns do grupo de Guarapuava: “Kingargoolas” (2013) e “Tales From the Instro Zone” (2015). “Existe um terceiro material a ser lançado, mas ainda estamos acertando os detalhes”, diz.

Além desses dois trabalhos, a discografia do grupo ainda tem o EP “Dr. Gori is a Tiki” (2018). Nos próximos dias, o Kingargoolas vai lançar o single “Cantona’s Fatality”, que fará parte da coletânea “Olas Rebeldes”, um compilado de bandas antifascistas organizado pelo grupo mexicano Los Baby Dolls.

O Kingargoolas se apresenta no Jokers na abertura do Psycho Carnival, que acontece no dia 20. A programação da noite ainda terá as bandas Fish’n Creepers, Mongo, Asteroides Trio, The Freeborn Brothers e Ovos Presley. “O festival é uma referência para o gênero em todo o mundo, agregando o que há de mais relevante em todos os estilos que ele engloba. É uma das forças motrizes da cena underground latino-americana”, finaliza Cerso Costa.

Se você gosta do nosso trabalho, entre no site Catarse (no link abaixo) e assine o Cwb Live pela quantia que você achar justa. O seu apoio faz com que possamos continuar na ativa, produzindo conteúdo e mantendo o nosso jornalismo musical de maneira independente.

Serviço

Cinco dias para celebrar a música, a amizade e a diversão. Esse é o espírito da 21ª edição do tradicional festival curitibano Psycho Carnival, que será realizado entre os dias 20 (quinta-feira) e 24 de fevereiro (segunda-feira) no Jokers Pub, em Curitiba. “Boa parte do público que vem todo ano ao festival acabou construindo amizades que permanecem até hoje”, diz um dos organizadores do Psycho Carnival, o músico e produtor cultural Vlad Urban.

Em 2020, o evento reunirá 37 bandas de oito países. A ideia é apresentar um grande panorama do que há de melhor no mundo do Psychobilly, Rockabilly, Punk Rock, Outlaw Country e Surf Music. Entre as atrações deste ano estão o Guana Batz (Inglaterra), o Cenobites (Holanda), e os grupo curitibanos Ovos Presley, Os Catalépticos e Hillbilly Rawhide.

Assim como nos últimos quatro anos, o festival terá como base principal o Jokers Pub, localizado na região central de Curitiba. Porém, nesta edição, também serão realizados alguns shows gratuitos no Lado B Bar, nas Ruínas de São Francisco, no Largo da Ordem (com o apoio da Rádio Mundo Livre FM) e na Gibiteca de Curitiba. “Os eventos gratuitos são muito importantes! Independentemente do apoio ou não do poder público, nós acreditamos que todos devem ter acesso à cultura”, afirma Vlad Urban.

Os ingressos custam de R$ 50 a R$ 250 e podem ser adquiridos no site Sympla. Confira todas as informações sobre a 21ª edição do Psycho Carnival neste link.