Texto: Marcos Anubis
Fotos e revisão: Pri Oliveira

krisiun4

“Boa noite Curitiba, Paraná. Mais uma vez, o Krisiun está aqui”! Ao ouvir a tradicional saudação de Alex Camargo, os fãs da banda em qualquer parte do mundo já sabem o que esperar. Com o Jokers praticamente lotado, Alex Camargo (baixo e vocal), Moyses Kolesne (guitarra) e Max Kolesne (bateria) abriram o show com “Ominous”, “Combustion inferno” e “Blood of lions”.

Alex tem praticamente um ritual nas apresentações em Curitiba: em todas elas, o músico agradece várias vezes a amizade que a banda tem com algumas figuras importantes da cena curitibana desde os primeiros passos do grupo, no início da década de 1990.

Essa postura faz com que a banda seja respeitadíssima em Curitiba, já que as amizades que surgiram lá no início da carreira do Krisiun não se perderam porque hoje o grupo é reconhecido internacionalmente. Antes e depois do show, por exemplo, a banda circulou tranquilamente no Jokers, cumprimentando o público e tirando fotos com os fãs.

O setlist do show reuniu algumas canções do novo álbum da banda, “Scourge of the Enthroned” (2018), como a faixa-título e “Devouring faith”, e músicas que marcam a carreira do Krisiun, entre elas, “Vengeance’s revelation” e “Descending abomination”. Além delas, houve espaço até uma versão para “Ace of spades”, clássico do Motörhead.

Confira o nosso álbum de fotos do show do Howfar no Jokers. Leia neste link a cobertura completa do show.

Krisiun - Jokers - 14/12/2018