Texto: Marcos Anubis
Fotos e revisão: Pri Oliveira

patofu1

Montar uma turnê nova sempre envolve inúmeros fatores que precisam ser muito bem planejados para que a empreitada tenha sucesso. Agora, em um cenário cada vez mais competitivo, no qual o público escolhe criteriosamente as apresentações que poderá acompanhar, o risco de criar um espetáculo que foge totalmente do padrão do show business tradicional é ainda maior.

Diante desse cenário, a ideia de tocar músicas de outras bandas e artistas usando apenas instrumentos de brinquedo (que o Pato Fu vem colocando em prática desde 2010, ano do primeiro CD/DVD “Música de Brinquedo”) é genial e, ao mesmo tempo, tremendamente ousada.

Nesse sábado (21), no Teatro Guaíra, em Curitiba, o Pato Fu apresentou o show “Música de Brinquedo 2”, a segunda versão desse projeto que teve início há oito anos e hoje está consolidado como um grande sucesso.

patofu2

O grupo abriu o show com “Palco”, de Gilberto Gil, seguida por “Livin’ la vida loca”, de Rick Martin. Fernanda Takai (vocal), John Ulhoa (guitarra), Ricardo Koctus (baixo), Glauco Mendes (bateria) e Richard Neves (teclados) contaram com o auxílio dos instrumentistas Thiago Braga e Camila Lordy “tocando” os mais variados tipos de brinquedos e miniaturas. Os vocais de apoio ficaram a cargo dos monstrinhos Groco e Ziglo, criados pelo Grupo Giramundo de Bonecos e que são manipulados pelos mestres Marcos Malafaia, Beatriz Apocalypse e Ulisses Tavares.

O mais interessante na escolha do setlist do show é que o grupo conseguiu fazer com que as músicas não parecessem apenas covers, recriando cada uma delas de forma muito criativa. “Procuramos músicas que fossem sucessos, mas não muito recentes, e que tivessem um instrumental marcante para ser transposto para os brinquedos. Também queríamos que elas tivessem alguma parte vocal interessante para as crianças (ou monstros) cantarem e que não fossem propriamente infantis, mas de um repertório adulto que a gente mesmo se identificasse”, disse o guitarrista John Ulhoa em uma entrevista exclusiva para o Cwb Live que você pode ler na íntegra neste link.

Entre as que mais combinaram com o timbre dos instrumentos de brinquedo estão “Every breath you take”, do The Police, e “Private idaho”, do B-52s. O repertório da apresentação reuniu músicas do primeiro CD “Música de Brinquedo”, como “Ovelha negra”, de Rita Lee, alguns sucessos da carreira do Pato Fu, como “Depois”, e faixas da segunda edição do projeto, entre elas, “Rock da cachorra”, de Leo Jaime.

Muitos pais levaram os filhos para acompanhar o show, o que fez com que o Teatro Guaíra ficasse repleto de crianças, todas elas se divertindo sem parar. Porém, além da diversão, a iniciativa do Pato Fu coloca no imaginário cultural dessas crianças, mesmo que de forma lúdica, muitas referências essenciais do mundo da música, como o grupo inglês The Police e o compositor, cantor e violonista brasileiro João Bosco. Para o desenvolvimento cultural dessa turminha nos anos que virão a seguir, essa semente plantada sutilmente tem tudo para render bons frutos.

A participação dos bonecos do Grupo Giramundo é um dos componentes essenciais para o sucesso do show. Groco e Ziglo garantem a diversão do público de forma muito leve e se integram perfeitamente à execução das músicas, como em “Datemi un martello”, versão da banda para o original da cantora italiana Rita Pavone, e “I saw you saying”, dos Raimundos.

Para incrementar ainda mais o espetáculo, foram criados diálogos entre os monstrinhos para que houvesse uma interação entre eles e, também, com os músicos. Como brincou a vocalista Fernanda Takai durante o show, “nós somos a ‘banda de apoio’ dos monstros”.

Após “Sonífera ilha”, a banda se retirou rapidamente do palco. Na volta, o grupo tocou o tema do jogo “Mario Bros” e, ao fim da música, Fernanda surgiu ao lado dos bonecos e convidou Ziglo para cantar a canção “Não se vá”, hit da dupla Jane e Herondy nos anos 1970. Na sequência, “Live an let die”, do The Wings (ex-banda de Paul McCartney,) encerrou a apresentação.

Confira a música “Livin’ la vida loca”, de Rick Martin, gravada ao vivo no show do Pato Fu no Teatro Guaíra e veja também o álbum de fotos da apresentação.

Pato Fu - Música de Brinquedo 2 - Teatro Guaíra - 20/10/2018